Mobilidade elétrica em Portugal: presente e futuro

Neste artigo, vamos debruçar-nos sobre a mobilidade elétrica em Portugal, que foi a grande impulsionadora da criação da nossa empresa. A Evolut.green tem uma visão: ser a “one-stop-shop” da Sustentabilidade e Mobilidade Elétrica em Portugal.

Consideramos interessante falar um pouco do presente e futuro da mobilidade elétrica em Portugal, espelhando alguns dados relevantes, e fazendo algumas previsões de futuro – sendo que à velocidade do desenvolvimento tecnológico, e como o próprio nome indica, serão apenas previsões.

Mobilidade Elétrica no Presente: Portugal em 4.º lugar na venda de Veículos Elétricos na Europa

Os veículos elétricos vieram para ficar. Basta olhar à nossa volta, no dia a dia, para comprovarmos isso mesmo. Com efeito, o número de veículos elétricos tem-se multiplicado na última década, e com maior incidência nos últimos 2 anos. A expressão popular “primeiro estranha-se, e depois entranha-se” não podia ser mais aplicável para a experiência da mobilidade elétrica em Portugal.

Um mercado que começou com poucos modelos disponíveis (o que limitava demasiado as opções de escolha dos consumidores) e com modelos que apresentavam grandes limitações de autonomia, mas que se tem revelado particularmente dinâmico, e onde as marcas automóveis encontraram um “campo ilimitado” para se reinventarem.

Todas as marcas iniciaram o percurso do mesmo ponto de partida: uma folha em branco. Para gáudio de designers e engenheiros eletrotécnicos, que viram abrir um horizonte enorme para explanar toda a sua criatividade, processos inventivos e de R&D (Research & Development).

Como dizíamos, partiu-se de um esquálido e escasso “menu de oferta” para uma realidade em que todas as principais marcas se preparam para apresentar dezenas de novos modelos com soluções, variações e inovações, que nos deixarão a todos com dificuldade em escolher o que mais nos seduz. Basta, aliás, olhar para os mais recentes anúncios televisivos para perceber esta tendência.

Por conseguinte, não é de estranhar que os mais recentes dados mostrem que as vendas dos automóveis ligeiros com motor a gasóleo ou gasolina estão há 10 meses com quedas sucessivas, sendo que, no global do ano, a queda nas vendas ronda os 40%.

Do outro lado da moeda, encontram-se os veículos 100% elétricos ou os híbridos plug-in, que estão há sete meses consecutivos a subir na variação homóloga mensal, estando 41% acima do igual período ao de 2019, sendo que nem a pandemia que vivemos impediu este crescimento.

Portugal acompanha este crescimento, e segundo o relatório publicado pela T&E (Transport & Environment) ocupa o 4.º lugar em vendas de Veículos Elétricos (BEV – 100% elétricos e PHEV – Híbridos Plug-In) na Europa.

Gráfico 1

Apesar dos números da análise do relatório publicado pela T&E, decorre que, em Portugal, o pacote de incentivos para aquisição de veículos elétricos é ainda dos mais baixos da Europa. No gráfico abaixo é possível ter-se uma noção global e clara de quais os países cujos governos mais apostam nos incentivos na área da mobilidade elétrica.

Gráfico 2

Estes dois dados contraditórios, isto é, sermos dos maiores compradores de veículos elétricos e híbridos, e simultaneamente um dos países com menores incentivos à compra, só podem querer dizer que se, no futuro, aumentarem os incentivos governamentais à compra de veículos elétricos, o crescimento do número de utilizadores será exponencial.

Mobilidade Elétrica no Futuro: acesso cada vez mais abrangente, em custo e localização

Que o número de veículos elétricos nas estradas portuguesas irá aumentar nos próximos anos, tal como já vimos, não é uma previsão… é um facto.

De acordo com previsões da Eurelectric – Associação das Empresas Elétricas Europeias –, em 2030 a mobilidade elétrica contará com cerca de 40 milhões de veículos a circular nas estradas europeias, o que se traduz em 40 vezes mais veículos do que os registados em 2018.

A Mobilidade Elétrica em Portugal conta com um aumento igualmente significativo, com cerca de 655 mil veículos em 2030; cerca de 10% de penetração na frota portuguesa de veículos. Isto significa que em 2030, um em cada 10 carros será elétrico.

Gráfico 3

6 razões para aderir à Mobilidade Elétrica em Portugal

Ainda que as condições de acesso à mobilidade elétrica em Portugal não sejam as mais competitivas, são ainda um imperativo de poupança e promoção de um futuro sustentável.

Por isso, terminamos este artigo com 6 razões para aderir à mobilidade elétrica em Portugal, que poderá consultar na íntegra na página do UVE:

1. Incentivos Fiscais
2. Carregamentos Gratuitos
3. Estacionamento Gratuito e com Descontos
4. Menor Custos Manutenção
5. Emissões Zero
6. Responsabilidade Social e Ambiental

Tenha como resolução de 2021 a sua transição para a mobilidade elétrica em Portugal.

Estamos cá para o(a) ajudar a entrar neste mundo elétrico, contando com uma equipa técnica especializada ao seu alcance em Evolut.green.

Se gostou deste artigo, recomendamos a leitura dos seguintes tópicos relacionados:

As marcas de veículos elétricos e híbridos plug-in com mais vendas em Portugal
A Autonomia dos Carros Elétricos
3 tomadas para carregar carros elétricos

A Evolut.green é uma empresa 100% portuguesa que faz parte do Grupo JOYN.

Spread the love